7 de ago de 2009

Música de sexta (parte 47)

Bom dia, adoro vocês, isso é mentira ou não...é tudo uma questão de reflexão e interpretação. Até onde vamos? Cara se liga hoje é sexta-feira. O que vocês fizeram de importante esta semana? Até onde vai o mal de seu coraçãozinho? Quem é mal, quem acha que é mal, quem quer ser mal ou bom? Que diferença faz? Estava pensando em uma madrugada qualquer destas que as vezes acordamos durante a noite e olhamos para o teto escuro e pensamos em algo que nos preocupa, mas nem tanto. Coisas utópicas que que certamente você não encontrará a solução, que existem apenas para serem duvidosas..questões infinitas....complexas e eternas. Esta música me faz pensar nisto. Poema, letra de Cazuza e Frejat e interpretada magistralmente por Ney Matogrosso. Quem sabe do que eu estou falando sabe que este processo corrói nossa alegria e nos deixa amargurados com a vida. Pois é gente espero que gostem desta música que apesar de tudo ela traz o alento necessário para madrugadas acordadas sem motivos.

0 comentários: